Programa de TV da Disney com demônios e bruxas

A Disney lançou um novo programa de TV, “The Owl House “, que preocupou alguns pais com ênfase em bruxaria e demônios.

O show se concentra em uma adolescente chamada Luz que descobre um mundo demoníaco e vive com uma bruxa poderosa chamada Eda, a Dama da Coruja. Luz disfarça sua identidade como humana para sobreviver no mundo dos demônios e frequentar a escola de bruxas. Sua maior ambição é tornar-se como Eda.

“The Owl House” estreou na sexta-feira, 10 de janeiro e já recebeu uma segunda temporada da Disney. O criador do programa, Dana Terrace, antecipou um retrocesso ao apresentar a idéia à Disney para um show mais sombrio, mas o conglomerado de mídia estava disposto a correr o risco.

Preocupação dos pais

Vários pais manifestaram preocupação com o programa, incluindo Deborah Bunting, escritora de opinião do Faithwire.com. “A Disney está indo cada vez mais longe na escuridão do mundo espiritual que se opõe ao Deus vivo”, afirmou Bunting.

De acordo com o Lifesite News , “The Owl House” se juntou à polêmica no mês passado, quando grandes varejistas debateram a oferta de um livro chamado “Um livro infantil de demônios”, que ensina as crianças a convocar demônios.

“Por mais ridículos que sejam os ‘demônios’ contidos no livro, não há nada inocente ou divertido em fingir convocar espíritos malignos”, disse a blogueira Elizabeth Johnson, da Activist Mommy. “Mas quem pode dizer que é fingimento? O mundo espiritual é real e não é motivo de riso.”

Disney influencia a banalização da bruxaria

O fato é que nos últimos anos, a banalização da bruxaria e ocultismo trem trazido a tona estes aspectos, e muitos jovens têm se entregado aos costumes ocultistas, buscando contato obscuro no mundo espiritual e até mesmo participando de rituais mundo a fora.

Vejam o trailer oficial desse desenho nada recomendado aos seus filhos:

Além de exporem esse tipo de conteúdo para as crianças, eles as ensinam a fazer coisas que alguns pais não aceitariam, e é esse o alerta que fazemos, para que os pais fiquem atentos ao que seus filhos estão assistindo.

Todos os pais e mães devem estar inteiramente ligados ao que seus filhos estão assistindo. Isso é algo totalmente necessário nos dias atuais, principalmente quando se trata de televisão e liberdade na internet.

A indústria não está preocupada com o intelecto ou formação dos filhos. Eles fabricam suas séries aos seus moldes seculares e cabe aos pais decidirem se seus filhos assistirão ou não.

Deixe seu comentário logo abaixo: Sua opinião é muito importante.

Traduzido e editado de Christian Headlines

Thalles Cardozo

Além brasileiro nato e cristão, sou o CEO do grupo SED (Space - Empreendimentos Digitas), responsável direto pela manutenção, otimização, configuração e do SEO de todos os sites pertencente ao grupo. Alem de ser colunista, editor e programador dos mesmos. Especialista em marketing digital também sou conhecido como Tzy e sou dono de alguns canais no youtube entre outras redes sociais com milhares de seguidores.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo