Facebook Restaura Páginas Cristãs Após Serem ‘removidas Incorretamente’ - O Correio De Deus

Facebook restaura páginas cristãs após serem ‘removidas incorretamente’

Restauração da Fé: Páginas Cristãs Voltam à Ativa no Facebook Após Remoção Errônea

Leia Também:

Facebook restaura páginas cristãs após serem removidas. O caso aconteceu entre os dias 2 e 8 de fevereiro. As organizações Help 4 Families e Living Stone Ministries não conseguiram acessar suas contas por uma semana.

As páginas são dirigidas por Denise Shick, diretora dos dois ministérios. Que ajudam pessoas que lutam contra a homossexualidade a fim de viver conforme a ética sexual cristã.

E por conta disso militantes da comunidade LGBTQIA+ pediram para que o Facebook então tirasse as páginas do ar. O pedido foi acatado fazendo com que as páginas fossem tiradas do ar sem notificação.

Denise afirmou que a remoção aconteceu após um relatório da Global Project Against Hate and Extremism (GPAHE) citar a Help 4 Families e a Living Stone Ministries em uma lista de grupos, considerados controversos por oferecer apoio a pessoas que lutam contra atrações indesejadas pelo mesmo sexo.

O GPAHE tem pressionado as empresas de mídia social, como o Facebook, a banir essas organizações, muitas delas cristãs, de suas plataformas. Pela tentativa de conversão de pessoas que sentem atração pelo mesmo sexo.

Segundo o relatório do grupo LGBTQIA+, eles reconhecem que os dois ministérios proporcionam “lugares seguros para indivíduos e famílias compartilharem abertamente sua dor sobre a homossexualidade e o transgenerismo”.

Porém, o GPAHE argumentou que os ministérios promovem a “terapia de conversão” e uma “grave violação de direitos”, e por isso, devem ser banidos do Facebook.

Resposta da diretora das páginas cristãs

A diretora das páginas Denise Shick questionou: “Se estamos oferecendo lugares seguros para compartilhar abertamente, como isso é odioso ou extremista?”

E completou: “Oferecemos oportunidades para as pessoas compartilharem suas lutas sem condenação. Essa é a definição de amor e aceitação”, declarou ela ao The Christian Post.

Para ela a gigante de mídia social não acredita mais no direito à liberdade de expressão sem censura. “Por mais de 200 anos, as pessoas nos EUA eram livres para ter crenças diferentes e falar sobre elas sem censura”, disse Denise, observando que isso mudou devido à militância de ativistas LGBT.

Diante dessas falas e orientações de Denise, houve então uma mudança no comportamento da rede social. E na terça-feira (8), um funcionário do Facebook afirmou que as páginas das organizações cristãs foram “removidas incorretamente e foram restauradas”. Disse ele ao The Christian Post.

Essa não é a primeira vez que o Facebook restaura páginas cristãs

Não é a primeira vez que algo como esse acontece a páginas cristãs dentro da rede social. Em 2020, o Facebook também removeu a página da Restored Hope Network (RHN).

Que se trata de uma rede de ministérios que também oferecem aconselhamento pastoral para pessoas que desejam deixar o estilo de vida LGBTQIA+.

Facebook restaura páginas cristãs após serem ‘removidas incorretamente’
Imagem Ilustrativa

De acordo com Anne Paulk, diretora executiva da RHN, as ações do Facebook são discriminatórias e configuram censura.

Ela disse: “Esse movimento para silenciar visões leva diretamente ao totalitarismo, controle do discurso e criminalização do discurso impopular de qualquer tipo”, avaliou Anne.

E acrescentou: “É preciso coragem para combater essas demandas, para resistir à cultura do cancelamento, falar apesar das pressões e resultados que ninguém gosta. Nós da Restored Hope Network continuaremos a falar a verdade gentilmente”, afirmou ela ao The Christian Post.

Considerações finais

A igreja é um lugar de amor e respeito. As coisas que são pregadas são valores e condutas que o Senhor deixou para que a humanidade pudesse seguir.

As redes sociais se tornaram um lugar de fala aberta a respeito de todos os assuntos, sendo assim a igreja não poderia ficar de fora. Tendo vários artistas que utilizam das plataformas para levar o amor de Deus.

Dessa forma seguimos com Jesus nos orienta, amando o próximo como a nós mesmo. E sem dúvidas é o dever da igreja estender as mãos à quem precisa e procura por ajuda. Seja qual for a circunstâncias, independente do que a pessoa faz.

Deus abençoe a todos!

Veja também:

Formada em Ciências Econômicas, sou cristã comprometida com as atividades da igreja. Colaboro no O Correio de Deus e outros sites do Grupo SED, integrando minha formação acadêmica e minha fé para oferecer conteúdo significativo e enriquecedor.

Artigos Relacionados

Implante de microchip na mão: A marca da besta chegou?

A muito tempo se ouve falar de implante de microchip no dorso da mão que seria usado para realizar compras, mas que na verdade se trataria da marca da besta. Isso está descrito no ...

Você continuará no nosso site

Novo Filme da Disney ‘Lightyear’ terá beijo gay após pressão LGBTQIA+

A próxima animação da Disney, “Lightyear”, terá um beijo gay, após pressão da comunidade LGBT. O filme contar a história de Buzz Lightyear, um patrulheiro do espacial que pertence à Aliança intergaláctica. Ele é o ...

Você continuará no nosso site

Thiago Nigro o ‘Primo Rico’ é batizado nas águas do Rio Jordão, em Israel

O Youtuber Thiago Nigro, conhecido por seu canal “Primo Rico”, compartilhou em suas redes sociais o momento de seu batismo nas águas. Esse foi um passo muito importante da sua caminhada cristã. Cumprindo umas ...

Você continuará no nosso site