Convulsão política, social e econômica

Convulsão política, social e econômica: o que teremos pela frente é algo para se preocupar? Que Deus nos ajude e nos guarde dessa situação!

O Brasil e o mundo vivem uma das maiores crises políticas dos últimos 25 anos, e esta convulsão repercute fortemente no âmbito social e econômico.

O cenário político vem se apertando após o progressismo se tornar hegemônico em boa parte do ocidente, 99% da mídia se curvou aos partidos de esquerda e centro por interesses financeiros, de modo que esse novo cenário passou a desgastar a sociedade, colidindo contra a vontade social, levando-se em conta que a maior parte do ocidente defende os valores conservadores e não aceitará o caos comunista.

Crise política

Após mais de uma década do império petista, ocorreu o aparelhamento estatal, de modo que os tentáculos progressistas permaneçam mesmo após a entrada de presidentes de diferentes partidos na política. Vimos isso de maneira agravada nos cenários jurídicos, onde a maior parte dos cargos elevados são ocupados por membros filiados ao PT, mesmo que indiretamente. E isso significa que qualquer presidente que ouse se levantar contra o progressismo será duramente atacado pelo establishment, que é toda a estrutura política construída pela esquerda e centro para se perpetuarem no poder.

Com a eleição de um presidente conservador o sistema instaurado pela esquerda atacou furiosamente o novo presidente, utilizando as táticas mais perversas, desde calunias até ataques físicos, onde um deles quase levou o presidente a morte, após contratarem um assassino para esfaquear Bolsonaro.

Hoje assistimos Bolsonaro passar pela mesma repressão que Donald Trump passou nos Estados Unidos, o monopólio das mídias e políticos se uniram para que nenhuma mudança pudesse ser feita, atacando arduamente os presidentes conservadores, tentando inventar mentiras para que a população fosse jogada contra eles.

Apesar dos grandes investimentos dos progressistas, eles não foram capazes de enganar toda população, de modo que apenas uma parcela desorientada caiu na armadilha falaciosa do núcleo da esquerda e centristas.

Crise Social

Através da propaganda anti-conservadores que a grande mídia realizou, os políticos da velha guarda tentaram despertar o ódio social, jogando uns contra os outros, através de grandes mentiras uma parte da população foi enganada pelos discursos baratos progressistas, que constantemente acusam todos que não se curvam a eles. Eles estão proferindo ofensas do mais baixo nível, e por muitas vezes incentivando manifestos violentos contra os conservadores, como uma forma de vencer através do medo.

O esquerdismo vem causando uma grande regressão moral, com a inversão de valores promovida pelo progressismo o número de crimes se tornou devastador, cada vez mais os jovens se interessam por drogas, e cada vez menos se preocupam com valores cristãos e morais.

Hoje muitos trocam a paz pelas drogas, e o amor pela prostituição, de modo que surja uma sociedade desamparada e infeliz, pois tudo que se pauta em superficialidades tende a ser tornar vazio.

A crise social é desejada por todos os idealistas comunistas, pois o comunismo depende de uma população caótica para ser implementado, levando-se em conta que sociedades saudáveis e fortes jamais aceitariam um sistema tão decadente, sendo assim, os progressistas tentam recrutar novos apoiadores através do desgaste social e crise econômica.

Crise econômica

A crise econômica é um reflexo direto da crise política e social, vivemos em um sistema que busca enfraquecer o presidente Bolsonaro para que a esquerda possa voltar ao poder, e isso não é nada mais que um tiro no pé da nação brasileira.

A partir do momento em que jogaram os poderes legislativo e judiciário contra o executivo, criou-se uma grande dificuldade de se gerir soluções econômicas para o país, pois todas as tentativas de buscar uma solução para o cenário de crise são arduamente barrados pelos opositores, simplesmente por não aceitarem que um conservador seja bem visto pelo povo.

Ou seja, as guerras politicas alimentadas pelos progressistas estão agravando ainda mais o cenário de crise, pois além da pandemia ainda há os rombos financeiros gerados pelos governos anteriores, que se perduram através da grande influência que esses partidos de esquerda e centro exercem por meio de suas manobras políticas e midiáticas.

Thalles Cardozo

Além brasileiro nato e cristão, sou o CEO do grupo SED (Space - Empreendimentos Digitas), responsável direto pela manutenção, otimização, configuração e do SEO de todos os sites pertencente ao grupo. Alem de ser colunista, editor e programador dos mesmos. Especialista em marketing digital também sou conhecido como Tzy e sou dono de alguns canais no youtube entre outras redes sociais com milhares de seguidores.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo