Mais de 11,4 milhões estão recuperados da COVID-19 no Brasil

0
203
11,4 MILHÕES DE RECUPERADOS
Já somam mais de 11,4 milhões de recuperados da COVID-19 só no Brasil.

Mais de 11,4 milhões estão recuperados do COVID-19 no Brasil. Os dados são do “Repositório de dados COVID-19 pelo Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas (CSSE) da Universidade Johns Hopkins”, que acompanha em tempo real os números da pandemia.

Recuperados

Só no Brasil já são mais de 11,4 milhões os recuperados da COVID-19, o que supera e muito o número de óbitos, que já ultrapassa a casa dos 333 mil.

Infelizmente, o único número que está sendo viralizado e difundido com total empenho é o de mortes, porque isso gera caos e pânico na população.

Não pense você que estão preocupados com os recuperados, pois isso não gera lucro e nem “queima” o governo federal.

A questão é arrumar um culpado, execrá-lo publicamente pelo que ele não fez, 2022 está aí e essas pessoas não podem perder tempo, o negócio é desgastar a imagem de um presidente popular, só não contaram que as pessoas estão em alerta, e que ninguém é ignorante o bastante para não compreender o trabalho de manipulação e desinformação que a grande mídia promove.

Queda nos lucros da grande mídia

Se você não sabe, as grandes revistas e as maiores emissoras de TV do país, que compõem a grande mídia, sempre tiveram verba do governo para falar bem dele, Lula era mestre em “encher a pança” das maiores emissoras e revistas, para que falassem bem do seu governo e o elogiassem. Mas, com a entrada de Jair Bolsonaro, a torneira secou, o desespero bateu e agora o que resta é uma mídia tendenciosa e decadente, com furor e ódio mortal para derrubar esse “guardião da torneira”.

Bolsonaro cortou essa verba milionária que o governo destinava a essas emissoras e revistas, o que causou um pânico generalizado para eles — terreno fértil para começarem a destruir a reputação do presidente.

Revistas semanais tiveram um péssimo ano em 2020

A revista Veja perdeu 285.015 exemplares impressos e digitais. Isso equivale a uma queda de 52,2% em relação a 2019. Época teve redução de 68.260 cópias (-43,5%). Exame caiu 31,9% (-26.024 exemplares). A revista IstoÉ não tem circulação auditada e não se sabe qual é a sua tiragem. Texto extraído de poder 360.

Vendo esses números já dá para se ter uma noção do tamanho do desespero que eles estão. Por isso atacam o presidente dia e noite, e pasmem, Bolsonaro não se importa com isso, porque o mais importante para ele é que o dinheiro do pagador de impostos seja convertido em algo que realmente supra as necessidades da nação.

Entenderam agora porque a grande mídia não se importa em falar do número de recuperados da COVID-19? Porque para eles eles falar desses números seria promover o presidente, “DE GRAÇA.”

Recuperados da COVID-19 no Brasil

No Brasil até o momento já são mais de 11,4 milhões de pessoas recuperados da COVID-19, nosso site expõe um placar na capa em tempo real, onde você, caro leitor, poderá acompanhar diariamente sem distorção da realidade.

Por que é importante falar do número de recuperados da COVID-19 no Brasil? Respondo: é importante porque traz esperança para aqueles que estão com seus entes queridos internados, muitas das vezes entubados e sem qualquer perspectiva de saírem de lá com vida.

Portanto é importe falar dos recuperados da COVID-19 simplesmente pelo fato de trazer esperança para aqueles que sofrem a espera de seus entes queridos.

Vale também ressaltar, que não é através do pânico e do caos que conseguirão atingir seu objetivo de conscientização, as pessoas compreendem e sabem que o vírus é perigoso e pode tirar vidas.

Devemos passar o alerta, mas também levar esperança para as pessoas que são vítimas desse vírus que assola a humanidade atualmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui