Bispo deixa igreja, por ser contra casamento homossexual

O Bispo da igreja episcopal dos EUA, se viu obrigado a renunciar ao cargo após sofrer sanções por ser contra a bênção do casamento homossexual na igreja. A informação é do portal Christian Headlines.

O bispo William Love, que se recusou a permitir as bênçãos do casamento entre pessoas do mesmo sexo, deixou a Igreja Episcopal dos EUA sob forte comoção. Ele era da igreja episcopal há 14 anos e disse sentir-se triste após a decisão.

Disciplina por ser contra a benção do casamento homossexual

Love era bispo de Albany, onde sofreu dura disciplina por dizer a alta cúpula em uma carta escrita em 2018, que a igreja parasse de abençoar casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

Na carta, William Love fez um apelo, dizendo que Cristo estava “chamando a Igreja para ter a coragem de falar Sua Verdade em amor sobre o comportamento homossexual – mesmo que não seja politicamente correto.”

O bispo disse ainda que tal casamento homossexual “nunca fez parte do plano de Deus e que são uma distorção de Seu desígnio na criação”. Ele ressalta que essas práticas dentro da igreja devem ser evitadas.

Segundo a conclusão do julgamento interno de Love, foi decidido que ele teria violado uma resolução chamada B012, que seria uma medida aprovada em 2018 exigindo que todas as denominações episcopais realizassem e abençoassem o casamento homossexual.

O bispo, muito chateado, se viu obrigado a renunciar o seu cargo na igreja, pois segundo ele vai de contra tudo em que acredita.

Na sua carta de renúncia, Love disse que agora fará parte da igreja anglicana, Igreja Anglicana na América do Norte (ACNA). Ele foi bispo da igreja episcopal de Albany por longos 14 anos.

Carta de William Love sobre sua saída

“Foi um dia alegre de adoração ao Senhor com família e amigos de toda a Diocese e da Igreja em geral, mas também foi um dia triste, sabendo que seria meu serviço final para a Diocese de Albany”, escreveu ele.

“Como um episcopal de berço (com quase 30 anos de ministério ordenado como diácono, sacerdote e bispo), não foi uma decisão fácil, mas considerando tudo o que aconteceu nos últimos dois anos e as restrições colocadas sobre mim como um teologicamente bispo conservador e ortodoxo dentro do TEC, acredito que é a decisão certa”, afirmou Love. “Eu sei que nem todos vocês concordarão com esta decisão, e alguns podem ficar irritados ou magoados com ela, e por isso lamento muito”, acrescentou.

Love ainda disse que espera ser recebido novamente na igreja anglicana em um futuro próximo, e que irá relatar em detalhes — num comunicado separado — de onde servirá e o que fará daqui em diante.

Igreja católica proíbe bênção de união homossexual

Recentemente a igreja católica emitiu uma nota onde afirmou que considera ilícita a bênção de casamento homoafetivo. Segundo a nota da CDF (Congregação para a Doutrina da Fé, organismo doutrinário da instituição), “Deus não pode abençoar o pecado”.

Segundo o portal Poder360, a decisão da igreja católica vem com o aval do seu líder, o papa Francisco.

Em ocasiões anteriores, Francisco teria sido tendencioso a casamentos entre pessoas do mesmo sexo, e que eles devessem ter os mesmos direitos dos heterossexuais. No entanto, o comunicado de agora parece mostrar enfaticamente a posição da igreja, confira um trecho da nota:

Não é lícito dar uma bênção a relacionamentos, ou parcerias, mesmo estáveis, que envolvam atividade sexual fora do casamento (ou seja, fora da união indissolúvel de um homem e uma mulher aberta em si mesma à transmissão da vida), como é o caso das uniões entre pessoas do mesmo sexo“, diz a decisão.

A igreja disse que a decisão não seria uma forma de discriminação, mas uma defesa do sacramento do casamento.

Thalles Cardozo

Além brasileiro nato e cristão, sou o CEO do grupo SED (Space - Empreendimentos Digitas), responsável direto pela manutenção, otimização, configuração e do SEO de todos os sites pertencente ao grupo. Alem de ser colunista, editor e programador dos mesmos. Especialista em marketing digital também sou conhecido como Tzy e sou dono de alguns canais no youtube entre outras redes sociais com milhares de seguidores.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo