Filha ingrata
Imagem meramente ilustrativa

“Filha” ingrata e totalmente sem amor, quebra a cadeira na cabeça da mãe, que teve de ser socorrida e encaminhada ao hospital com um ferimento grave.

Filha ingrata existe aos montes no mundo em que vivemos, já não respeitam mais os pais que fazem tudo para agradar. Nada está bom, e tudo é motivo para chilique e brigas.

Existe a história de que “uma mãe cria dez filhos, mas dez filhos não cria uma mãe”, e essa história é verdade pelo que temos visto nessa geração.

Filha ingrata agride a mãe

O caso teria acontecido no município do interior, no estado de Rondônia, mais especificadamente em Ji-Paraná, onde uma mãe foi brutalmente agredida pela própria filha, que lhe desferiu uma cadeirada na cabeça. As informações são do portal de notícias Rondônia Atual.

Na tarde deste sábado, 10, a polícia foi chamada para atender uma ocorrência em um bairro chamado (Cafezinho), em Ji-Paraná, interior de Rondônia.

Chegando no local, a PM constatou que uma filha ingrata teria agredido covardemente sua mãe com uma cadeirada na região da cabeça. A mãe foi socorrida e prontamente encaminhada para o hospital municipal da cidade com a cabeça rachada devido ao golpe.

No local, a Polícia Militar encontrou a autora da agressão, que contou aos policiais que tudo aconteceu após uma discussão envolvendo “a filha de uma amiga”, segundo o portal Rondônia Atual.

Ainda segundo informações, os policiais deram imediatamente voz de prisão contra a agressora, que ao se recusar ser encaminhada para a delegacia Unisp, teve que ser algemada e conduzida à força pelos policiais.

O médico que atendeu a mãe da agressora, disse que a vítima chegou no hospital com um corte profundo na cabeça e sangrava muito.

Filhos de hoje

Casos como este são mais comuns do que podemos imaginar, e os filhos estão ficando cada vez mais rebeldes e agressivos com os pais dentro de casa.

Em muitos desses casos, os filhos agridem e roubam os pais para comprar drogas, outros porque os pais cobram algo que não gostam. O fato é, que se está debaixo do teto dos pais e comem às custas dos pais, devem respeitar e seguir as regras de casa, não é mesmo?

O site BBC em um artigo de 2015, expôs o drama de vários pais que sofrem com essa triste realidade. Só em 2012, foram registrados oficialmente 4.289 casos de violência de filhos contra pais. Em 2013, 5.559 e, em 2014, 4.454 casos. Um total de 14.302 agressões de filhos contra progenitores em apenas três anos.

Esses dados levantados pela BBC são dados oficiais, imaginem vocês os dados que não chegam ao conhecimento das autoridades devido ao medo dos pais em fazerem a denúncia.

Segundo levantamento, não ocorre apenas violência física, mas também há a questão da violência psicológica — que também pode ser muito danosa para a vítima.

O que a Bíblia diz

Jesus ao ser perguntando pelos Apóstolos sobre o final dos tempos, respondeu descrevendo alguns sinais que aconteceriam. Dentre os sinais, está a violência e incompatibilidade familiar, desentendimentos e agressões de pais contra filhos e de filhos contra pais.

E o irmão entregará à morte o irmão, e o pai ao filho; e levantar-se-ão os filhos contra os pais, e os farão morrer. – Marcos 13:12

Veja que haverá traição entre familiares, mortes, desentendimentos entre ambos, tudo o que está acontecendo nos dias atuais. É ou não é?

Bom, ninguém é obrigado a acreditar, mas se formos observar, há 20 anos atrás o respeito dos filhos para com os pais era extremamente presente nas famílias. Mas hoje, os casos de agressão familiar da parte dos filhos para com os pais é gritante, e a tendência é só piorar.

O que se pode esperar dessa geração mimada e desobediente? Bom, de uma coisa eu sei, que o final dos tempos descrito por JESUS está às portas, basta que busquemos cada vez mais estarmos na presença de DEUS, em harmonia e comunhão com aqueles que vivem a nossa volta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui